Ir para o conteúdo principal
Memória da Educação Paulista » Memória Oral » Escola Caetano de Campos


Escola Caetano de Campos

“Caetanistas” são todos que tiveram relação com a Escola Normal de São Paulo (Escola Caetano de Campos). São alunos, professores, funcionários e toda a comunidade escolar, do período até 1977, que passaram pelos corredores do prédio da Caetano de Campos, quando esta estava na Praça da República. Estas pessoas que, com suas memórias, contribuem para entendermos a história da escola de formação de professores do Estado de São Paulo que desenvolveu os ideais republicanos.

Categorias
Pesquisar
Carlota Pereira de Queiroz pelos olhares de Beatriz Pereira de Queiroz e de José Pereira de Queiroz Neto
12 K

Pelas memórias de Beatriz Pereira de Queiroz e José Pereira de Queiroz Neto, sobrinhos de Carlota Pereira de Queiroz, conhecemos melhor a primeira Deputada Federal Constituinte do Brasil. Dela temos o pioneirismo na medicina, o protagonismo na Revolução de 1932, na participação em funções políticas e em pesquisas, que influenciam gerações de brasileiros. São indicadas suas relações com Armando Sales de Oliveira e com Maria Isaura Pereira de Queiroz.

Para assistir aos vídeos, clique aqui.

Clarinda Mercadante de Lima
12 K

Clarinda narra com muita emoção e carinho sua experiência como professora e educadora na área de Biologia da Escola Caetano de Campos: no período de 1961 a 1977 no prédio da República; entre 1978 até 1998 no prédio da Aclimação. Após a sua aposentadoria, em 1989, a Professora Clarinda continuou ministrando aulas na Caetano de Campos, por ter consciência do valor e da necessidade de preservar o material do Laboratório. Se preocupou com o cuidado de tais objetos enquanto ocorria a mudança da Escola da Praça da República. Apresenta sua prática como Professora, atuando no Laboratório e em Feiras de Ciências. Sugere aos educadores da atualidade, a necessidade da construção de um museu que proporcione momentos de reflexão sobre uma escola diferente, especial e única.

Para assistir aos vídeos, clique aqui.

José Pereira de Queiroz Neto
12 K

José Pereira de Queiroz Neto é de uma família com diversos envolvimentos políticos, sociais e culturais. Destacamos que é neto do Patrono da E.E. Dr. José Pereira de Queiroz; sobrinho de Carlota Pereira de Queiroz, primeira Deputada Federal do Brasil; irmão de Maria Isaura Pereira de Queiroz, renomada Socióloga. Ficou por quase seis meses, durante os anos 1930, no Jardim da Infância da Escola Caetano de Campos. Seu relato enfatiza alguma disputa do Ginásio da Capital e o Colégio Estadual Presidente Roosevelt, escolas que frequentou, com a Escola Caetano de Campos. Em sua fala, apresenta com humor perspectivas diferentes aos que valorizam positivamente as vivências na Escola Caetano de Campos.

Para assistir aos vídeos, clique aqui.

Arline Sydneia Abel Arcuri
12 K

A pesquisadora e professora Arline Sydneia Abel Arcuri ministrou aulas de Química na Escola Caetano de Campos, em um curto período: o segundo semestre de 1969. Suas vivências indicam as características do ensino de Química e o contexto social, como por exemplo as experiências no laboratório e a tortura que a Professora Carmen Lúcia Soares sofreu por parte da Ditadura Militar. Na narrativa, sobre o período de infância até a sua atividade profissional na Fundacentro, Arline demonstra a relação entre Química e Cidadania, destacando a importância de sua família.

Para assistir aos vídeos, clique aqui.

Maria Leocádia Barros de Oliveira Dias
12 K

De 1959 até 1973, a professora Maria Leocádia lecionou no Instituto de Educação Caetano de Campos, na Praça da República. Em entrevista de 25/03/2014, rememora aspectos de sua formação, atividades curriculares e trajetória. Com sua narrativa, favorece o esboço de delineamento da história da escola, inclusive do parentesco com a Professora Iracema Marques da Silveira que era responsável pela Biblioteca Infantil da escola. Com a transferência da Escola Caetano de Campos da Praça da República para a Aclimação e para a Praça Roosevelt, como diretora do DRHU (Departamento de Recursos Humanos da Secretaria da Educação de São Paulo), Maria Leocádia esteve envolvida na mudança dos professores para as novas unidades escolares.

Para assistir aos vídeos, clique aqui.