Ir para o conteúdo principal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
agri escort elazig escort
escort alanya
ankara escort
bedava bahis deneme bonusu veren siteler bonus veren siteler
makale ozgunluk testi
huluhub.com

No Interior da Escola

Este é um espaço para o compartilhamento de projetos exemplares, práticas desenvolvidas em escolas do interior do Estado de São Paulo e que merecem ser conhecidas e, quem sabe, reproduzidas.

dez 7

Written by: admmuralint
07/12/2015 10:00  RssIcon

Karen Lopes Akari é professora coordenadora da EE Profa. Benedita Arruda, e atua na rede estadual desde 1999. Já Carolina Duarte de Oliveira Lopes é professora de História, e há 3 anos contribui para o ensino público do Estado.

Nome do projeto: Coral – Another Side of BA

Justificativa:
Em uma avaliação, realizada em 2011, foi detectada a ausência de uma identidade da escola, proveniente de problemas como falta de relação entre a escola e a comunidade. Também foi notada, na nossa clientela, falta de acesso à cultura.

Assim, a ideia do projeto nasceu em 2012. Primeiramente, foi realizada uma pesquisa para saber se haveria interesse por parte dos alunos. Em seguida, realizada uma inscrição, a qual levou os professores a detectarem as habilidades dos alunos em relação à música.

Objetivos:
O projeto visa fornecer aos alunos acesso a diferentes gêneros musicais, respeitando as diferenças, com o comprometimento e valorização da unidade escolar. Mas sobretudo, proporcionar a descoberta das habilidades que os estudantes possuem e que não são detectadas  no cotidiano escolar.

Nos encontros são trabalhados: entonação de voz, habilidades em manusear instrumentos musicais, dança, leitura de partituras. São privilegiadas músicas populares brasileiras, principalmente as de origem afro-brasileira, como determina a Lei de Diretrizes e Bases.

Período realizado:
Desde maio de 2012.

Alunos envolvidos:
Alunos com idades entre 12 e 17 anos.

Disciplinas trabalhadas:
História, Arte e tema transversal: Diversidade Cultural.

Resultados:
A maioria dos alunos envolvidos passou a ter um aumento significativo no rendimento escolar e, principalmente, melhorou sua sociabilidade – alunos muito tímidos começaram a ter maior participação em sala de aula. Também houve um grande trabalho de conscientização e respeito às culturas afro-brasileiras.

O Coral já participou de diversas apresentações e de três recitais próprios. Ainda ganhou uma parceria. O grupo Maracatu Jundiaí realiza oficinas de percussão e dança, gerando um segundo grupo, o “Baque de Arruda”.

Tags:
Categories:

Busca No Interior da Escola:

Envie seu trabalho Conheça outros projetos