Ir para o conteúdo principal

Especiais

mar 13

Written by: admespeciais
13/03/2015 10:05 

Elas podem ficar no meio da cidade, em pleno campo ou dentro de uma aldeia. Os alunos podem aprender matemática, mas também a fazer um arco e flecha e a conhecer a história de um antepassado quilombola.

No Estado de São Paulo existem diferentes tipos de escola, esse lugar que acompanha a vida da gente e que faz parte da história de todos nós. É na escola que aprendemos o currículo e muito mais. É onde compreendemos as regras sociais, desenvolvemos a cidadania, planejamos o futuro e, com um pouquinho de sorte, fazemos amigos para a vida toda. Por tamanha importância, a escola tem o seu próprio dia: 15 de março.

Em homenagem à data, saiba mais sobre a educação pública paulista:

91 diretorias de ensino;
5.585 escolas;
39 escolas estaduais indígenas em 14 municípios do Estado (sendo quatro na Capital e Grande São Paulo e 35 no Interior);
26 escolas quilombolas (sendo duas estaduais e 24 municipais);
• Aproximadamente 1,8 mil alunos de comunidades indígenas das etnias guarani, tupi-guarani, terena, kaingang e krenak;
250 mil professores;
222 professores indígenas;
3,9 milhões de estudantes matriculados.

Tags:

Busca em Especiais: