Ir para o conteúdo principal

Especiais

mar 20

Written by: admespeciais
20/03/2014 10:08  RssIcon

Prosa, pão de queijo e futebol.Seja bem-vindo a "Beagá"!

Antes dela, a capital de Minas Gerais era Ouro Preto. Mas no final do século XIX, a cidadezinha de arquitetura barroca encravada num vale profundo, já não apresentava condições de suportar o desenvolvimento econômico e populacional que se aproximava. Assim, quando ainda era um arraial, Belo Horizonte concorreu à sede do governo mineiro com outras cinco localidades candidatas e venceu a disputa.

FICA A DICA
Entre um jogo e outro, conheça o Parque da Serra do Curral e não deixe de fazer um tour pelo Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que reúne uma série de projetos de Oscar Niemeyer. Aqui o link para um roteiro preparado pela prefeitura da cidade.

Alguns historiadores afirmam que a escolha foi um acerto entre grupos da elite mineira, outros apontam o clima ameno e a localização geográfica estratégica como fatores determinantes para a mudança de status. Mas muitos mineiros preferem acreditar que foi a hospitalidade que colaborou para que em 12 de dezembro de 1897 Belo Horizonte se tornasse oficialmente a capital do estado.

E a simpatia mineira estará em jogo durante a Copa do Mundo, já que Belo Horizonte será umas das cidades-sede do Mundial. Seis jogos vão acontecer no Estádio Magalhães Pinto, o famoso Mineirão, construção de 1965 projetada por Oscar Niemeyer e que tem a fachada tombada pelo Conselho do Patrimônio Histórico.

Seleções da Colômbia, Grécia, Bélgica, Argélia, Argentina, Irã Costa Rica e Inglaterra vão entrar em campo e depois relaxar experimentando um autêntico tutu de feijão com ora-pro-nóbis – hortaliça tão comum na cidade – ou quem sabe fazendo uma caminhada no Parque da Serra do Curral, símbolo de Belo Horizonte. O que talvez os jogadores só não possam compreender é o que levou a cidade a ganhar o seu mais famoso título, o da "capital nacional dos botecos".

Belo Horizonte em números

1415 escolas públicas e privadas
2.375.444 habitantes
330,954 km²
mais importante centro urbano do país
117 anos
1 bar para cada 170 habitantes

SAIBA MAIS
A Escola Estadual Governador Milton Campos, mais conhecida como Colégio Estadual Central, foi projetada em 1956 e é uma das mais antigas instituições de ensino da capital. Em sua arquitetura, cada parte do prédio representa um material escolar: prédio principal, uma régua; o auditório, um mata-borrão (antigo objeto para absorver tinta); a cantina, uma borracha; e a caixa d'água, um giz.

Entre os estudantes que passaram por lá estão o cartunista Henfil, Elke Maravilha, o ator José Mayer, o sociólogo Betinho, a política Dilma Rousseff, os políticos Amílcar Martins, Eduardo Azeredo e Fernando Pimentel, e até mesmo o presidente Getúlio Vargas. (fonte: Prefeitura de Belo Horizonte)

 

« voltar

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Especiais

Busca em Especiais: