Ir para o conteúdo principal

Radar Cultural - Capital e Grande São Paulo

mai 10

Written by: admradar
10/05/2017 13:00 

Fina CamadaUm pedacinho do Japão em plena Av. Paulista, que você precisa conhecer! Japan House é o mais novo centro cultural da região, que nasceu com a proposta de apresentar aos brasileiros o Japão contemporâneo – sem se esquecer de suas raízes e tradições.

Com uma estrutura moderna, o espaço combina arte, literatura, tecnologia, design, gastronomia e outras vertentes, oferecendo aos visitantes uma verdadeira tradução do país nipônico do século 21.

FICA A DICA

De origem japonesa, as histórias em quadrinhos – denominadas Mangá – foram tema do Mural do Educador, apresentado no site da EFAP. Assista!

Para marcar sua abertura, a Japan House apresenta a exposição “Bambu – Histórias de um Japão”, revelando uma coleção de obras que formam uma cronologia visual de mais de 150 anos de arte em bambu. E para ampliar a troca de conhecimentos entre Brasil e Japão, será oferecida ainda uma programação de palestras e workshops, como a palestra com Hiroyuki Hashiguchi (dia 12/05), curador da exposição, que mostrará seu olhar sobre o papel do bambu nos rituais espirituais do Japão; e a oficina com Hajime Nakatomi (dia 13/05), que ensinará a fazer joias utilizando bambu.

»Leia entrevista com Yoko Sakanoshita Ishida, professora de Japonês do Centro de Estudos de Línguas junto à EE Alexandre de Gusmão.

Ainda, quem visitar a instituição cultural poderá conhecer o espaço multimídia com cerca de 1.900 livros selecionados, disponíveis para consultas, divididos em  categorias: Comer, Viajar, Estilo de Vida, Cultura, Design, Tecnologia, Arquitetura, Japão e Brasil e Crianças.

Onde: Japan House
Av. Paulista, 52 - Bela Vista - São Paulo/SP
Contato: (11) 3098-8900
Horário: Terça a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 10h às 18h.
(entrada gratuita)


SAIBA MAIS

A Japan House nasceu de uma iniciativa do governo japonês, que decidiu criar um espaço inovador como ponto de difusão de todos os elementos da cultura japonesa para a comunidade internacional. São Paulo foi um das três localidades escolhidas – e a primeira sede inaugurada – juntamente com Londres, na Inglaterra; e Los Angeles, nos Estados Unidos.

Tags:

Busca no Radar Cultural - Capital: