Ir para o conteúdo principal

Radar Cultural - Capital e Grande São Paulo

dez 4

Written by: admradar
04/12/2015 07:00 

Fina CamadaAté parece um menino, mas seus dedos dos pés são grudados como uma nadadeira e o nariz lembra uma foca. A criatura assustadora e ao mesmo tempo adorável foi a maneira que a australiana Patricia Piccini encontrou para trazer ao território da Arte questões que até então eram restritas ao mundo da Ciência.

Quais são os efeitos das mutações genéticas? Existe um limite ético para a interferência do homem? Qual é a fronteira entre o mundo natural e o artificial? São essas algumas das perguntas que norteiam a mostra “ComCiência”, exibida no Centro Cultural Banco do Brasil.

Quem for à mostra vai encontrar 25 seres híbridos, biotecnológicos, feitos de silicone, fibra de vidro e cabelo humano. As esculturas passeiam entre o realismo e o fantástico e assustam, mas ao mesmo tempo cativam. A ideia é discutir também conceitos como o belo e o diferente.

FICA A DICA

O Programa CCBB Educativo oferece visitas mediadas às exposições e outras atividades para professores, inclusive em Libras. Para agendamento, ligue (11) 3113-3649, de segunda a sexta, das 9h às 17h.

As visitas à mostra “ComCiência” são gratuitas e podem ser agendadas pelo site da exposição ou na bilheteria.

Também é possível utilizar o audioguia durante a visita por meio do aplicativo “CCBB” para celulares; e se você não puder ir até lá, ouça aqui a explicação de algumas obras.

O Programa Educativo da Mostra irá oferecer uma série de atividades. Clique aqui para conferir a programação.

Para mais informações, assista ao vídeo da mostra.

Quando: Até 4/01

Onde: CCBB
Rua Álvares Penteado, 112 - Centro
(11) 3113-3651

SAIBA MAIS

Genética é a área da Ciência, mais especificamente da Biologia, que investiga a constituição dos genes, como se processa a hereditariedade, de que forma os atributos orgânicos são passados de uma geração para outra, que distúrbios físicos podem estar presentes no mapa genético do organismo de cada um. Ela também estuda a forma como se dá a transmissão química de dados contidos nos genes, de pais para filhos, ao longo do tempo.

O monge austríaco Gregor Mendel, que viveu no século XIX, é considerado o pai da Genética.

Fonte: Infoescola

Tags:

Busca no Radar Cultural - Capital: