Ir para o conteúdo principal

Radar Cultural - Interior

dez 8

Written by: admradarint
08/12/2017 16:16 

Ele já não é mais unanimidade nas salas de aula, foi aposentado em várias delas e substituído por tecnologias digitais. Mas o giz é um clássico e quando encontra uma lousa pode render grandes obras nas mãos de artistas, como no Sesc de São Carlos.

FICA A DICA

Fique de olho na programação para saber quem será o próximo artista a participar do PoeirARTE.

O projeto PoeirARTE irá apresentar a cada mês uma obra de um artista diferente, feita em uma parede preta, apenas com giz.

Além de poder apreciar a arte pronta, o público que frequentar o Espaço de Tecnologias e Arte poderá acompanhar o processo artístico do desenho ganhando forma, e a poeira do giz subindo.

Este mês, a artista é a estudante de Design, Gabriela Gonçalves, que tem formação em cursos de desenho e fotografia, e realiza trabalhos como artes para tatuagem, desenhos em paredes e fotografias artísticas.

Ficou curioso? Então vai lá. E quem sabe, não se inspira para levar a arte também para a sala de aula.

 

ONDE:
Sesc São Carlos - Av. Comendador Alfredo Maffei, 700 - Jardim São Carlos - São Carlos - SP

http://www.escoladeformacao.sp.gov.br/portais/Portals/84/imagens/cursos/carga-horaria.png HORÁRIO:
Terça a sexta, das 13h30 às 21h30; sábados e domingos, das 10h às 18h
http://www.escoladeformacao.sp.gov.br/portais/Portals/84/imagens/cursos/carga-horaria.png

CONTATO:
(16) 3373-230

 

SAIBA MAIS

Quando surgiu, em 1800 na Escócia, o quadro negro era realmente escuro. Ele foi criado a partir da ideia de um professor de Geografia que tentava desenhar um mapa para seus alunos, e conseguiu o feito unindo algumas placas de ardósia (pedra) polida. Ao longo do século 20, o preto foi substituído por verde, por ser uma cor mais adequada ao giz.



Tags:

Busca em Cursos Encerrados