Ir para o conteúdo principal

Radar Cultural - Interior

ago 11

Written by: admradarint
11/08/2015 11:10 

Como seria a nossa vida sem a energia elétrica? Hoje em dia, é praticamente impossível pensar em viver sem computador, televisão, geladeira. Quando o celular está com a bateria fraca, então? Já bate aquele desespero em encontrar a primeira tomada para recarregá-lo. Mas nem sempre foi assim. A chegada da energia elétrica revolucionou a forma como vivemos. E para entender um pouco melhor como tudo começou, as evoluções e mudanças geradas por essa grande descoberta, confira a exposição “100 anos de história e energia”.

FICA A DICA
Para incentivar a exploração do tema em sala de aula, os professores que visitarem a exposição ganharão um livro-catálogo “100 anos de história e energia” e um DVD “100 anos de luz”. A distribuição é limitada ao número de exemplares disponíveis.

Dividida em quatro módulos, o objetivo é mostrar ao visitante, por meio de recursos audiovisuais, fotográficos e documentos, o desenvolvimento e a formação do Estado de São Paulo a as implicações da expansão da energia elétrica na cultura, comunicação e nas formas de transporte da população. Em uma das estações, por meio de um vídeo lúdico, será possível aprimorar o conhecimento sobre a importância da utilização das novas fontes energéticas renováveis; e em outra, aprender de perto como funciona a produção de energia por meio de uma traquitana com um dínamo e roda d’água, instalados dentro de um aquário para acionar lâmpadas de led.

» Leia entrevista com André Mocelin, especialista do Instituto de Energia e Ambiente da USP.

A mostra ficará em cartaz até o dia 31 de agosto, no Centro Cultural Carlos Fernandes de Paiva, em Bauru. Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira, das 8h30 às 20h30; e sábados e domingos, das 14h às 21h.

Escolas interessadas em levar seus alunos para curtir a exposição poderão agendar visitas pelo e-mail monitoriabauru@gmail.com.

Para mais informações, acesse o site www.100anosdehistoriaeenergia.com.br.

SAIBA MAIS
A Fundação Energia e Saneamento possui espaços culturais, que formam a Rede Museu da Energia, para desenvolver projetos culturais e educativos e divulgar o patrimônio dos setores de energia e saneamento nos eixos de história, ciência, tecnologia e meio ambiente. Fazem parte da rede as unidades do Museu da Energia situadas nas cidades de Itu e São Paulo, além de quatro usinas-parque (pequenas centrais hidrelétricas) localizadas nos municípios de Rio Claro, Salesópolis, Santa Rita do Passa Quatro e Brotas. Abertos ao público, esses espaços proporcionam atividades culturais, educativas e de lazer para todas as idades. Conheça um pouco mais sobre cada museu, aqui.

Tags:

Busca em Cursos Encerrados