Ir para o conteúdo principal

Radar Cultural - Interior

fev 26

Written by: admradarint
26/02/2015 15:52 

Se você já era nascido na década de 1980, talvez se lembre de olhar para o céu e tentar enxergar o Cometa Halley. Em abril de 1986, a venda de binóculos no Brasil quadruplicou, quem morava na cidade alugou uma casa no campo e parques e praias ficaram lotados de pessoas ansiosas pela passagem do cometa.

Quase imperceptível a olho nu, a passagem do Halley foi uma das maiores frustrações daquela geração. Mas 1986 não foi feito apenas de desastres astronômicos. No mesmo ano, em 10 de abril, nasceu o Observatório Dietrich Schiel da USP, em São Carlos.

FICA A DICA
De 1986 para cá, a tecnologia nos deu a chance de acompanhar eventos espaciais sem sair de casa. A internet também é usada pela NASA para transmissões ao vivo de eclipses, lançamentos de satélites e até a chuva de meteoros que o Cometa Halley causou quando passou em nosso céu no ano passado. Para acompanhar essas transmissões e ver as antigas, é só acessar o canal online da NASA.

O Observatório, como é conhecido na cidade, foi criado para aproximar a Astronomia das pessoas, que geralmente acham que a ciência é complexa demais para quem não é especialista.

» Leia a entrevista com Jennifer Soares, do Instituto de Física de São Carlos e membro da equipe do Observatório. Recentemente, ela apresentou a palestra “Será que vai chover?”, aberta para a comunidade.

Às sextas-feiras, aos sábados e aos domingos, qualquer um pode observar o céu estrelado do Centro-Leste paulista, das 20h às 22h. Aos sábados, também, acontecem palestras sobre temas do cotidiano. A próxima, no dia 28 de fevereiro, será voltada para quem não sai de casa sem consultar o horóscopo: O Zodíaco vai explicar quais são as semelhanças e as diferenças entre Astrologia e Astronomia.

Além disso, o Observatório oferece minicursos para qualquer interessado, abrangendo diversos temas como Introdução à Astronomia, Eclipses Solares e Lunares, Evolução Estelar, entre outros. A lista completa você pode acessar pelo link e alguns desses minicursos estão com inscrições abertas.

Quem quer pegar um cineminha no domingo também pode ir ao espaço, no Cine Observatório, que exibe filmes, documentários e desenhos animados relacionados à Astronomia e ciências afins.

Todas as atividades têm entrada gratuita, inclusive as visitas escolares, que são guiadas e podem ser agendadas por aqui.

SAIBA MAIS
Quem viu, viu, quem não viu pode tentar ver em 2061. O Cometa Halley passa pela Terra a cada 75 ou 76 anos e, segundo a NASA, ele está a 4,7 bilhões de km do Sol. No fim do ano passado, ele deixou seus rastros em nosso céu em forma de poeira cósmica.

Tags:

Busca em Cursos Encerrados