Ir para o conteúdo principal

Eu Indico

out 7

Written by: admindico
07/10/2020 14:25  RssIcon

Durante o período de isolamento, o CRE Mario Covas, por meio do NUMAH, indica conteúdos inspiradores para expressão de memórias escolares.

 

Durante o período de isolamento, o CRE Mario Covas, por meio do NUMAH, apresenta possibilidades de os registros diários potencializarem a Memória Escolar. Desta vez, indica um documentário do valor de “Diários” e disponibiliza o relato compartilhado de uma Sequência Didática que utilizou “O Diário de Anne Frank”.

 

Lílian Miranda Bezerra – Acervo Particular de Lílian

Lílian Miranda Bezerra é supervisora técnica do Serviço de Gestão Documental do Arquivo Geral da USP, e apresentou possibilidades de pensar os Diários no conjunto de documentos produzidos ou acumulados ao longo das atividades de pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas. Ela destaca que “os Diários elaborados neste momento de reclusão – causado pela pandemia do novo coronavírus – podem ser apreendidos no entrecruzamento de reflexões e sentimentos subjetivos/pessoais, mas também retratam os anseios e experiências de uma categoria profissional específica, podendo refletir um novo modo de pensar e de operacionalizar a profissão docente”. Destacando a profissão docente, a reflexão de Lílian possibilita que todos os educadores reflitam sobre a potencialidade da guarda destes Diários e o valor dos Arquivos Escolares, fazendo a seguinte citação: “A História não se faz com documentos que nasceram para ser ‘históricos’, nem com autógrafos de grandes figuras, nem com documentos isolados que signifiquem o ponto final de algum ato administrativo, e sim, ademais de outras fontes, com a ‘papelada’ gerada pelo cotidiano da vida administrativa (BELLOTTO, 2006, p. 114)”. Confira o texto da Lílian na íntegra.

 

Como sugestão, também indicamos o documentário “As Asas Invisíveis do Padre Renzo”. A partir dos diários do padre, podemos perceber aspectos de suas vivências durante o período da Ditadura Militar no Brasil.

 

Capas de Diários produzidos por alunos da EE Profª Ismênia Monteiro de Oliveira – Acervo da Profª Rachel da Silva Moraes Ferreira

Por fim, a equipe escolar da EE Profª Ismênia Monteiro de Oliveira compartilhou conosco o projeto de Sequência Didática de Produção Escrita de Resenha Crítica a partir da leitura de “O Diário de Anne Frank”. O texto integral do relato da professora de Língua Portuguesa, Rachel da Silva Moraes Ferreira, e imagens de algumas capas dos “Diários de Bordo” do período de pandemia, escritos pelos alunos, estão aqui. Veja!


 

Compartilhe também suas experiências com diários e/ou sugestões. Entre em contato conosco pelo e-mail: nucleodememoriacre@educacao.sp.gov.br.

 

  

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Eu Indico

Busca no Eu Indico:

ankara escort bayan
papaz buyusu
beylikduzu escort mature porno
old sex women boy to boy xxx nude
ankara escort
bonusal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
huluhub.com
Luxury replica watches