Ir para o conteúdo principal
porno mat i sin xxx odia in adult rape videos
agri escort elazig escort
escort alanya
ankara escort
bonus veren siteler
makale ozgunluk testi
huluhub.com
Luxury replica watches
www.copeland.club
old sex women boy to boy xxx nude

Eu Indico

jun 18

Written by: admindico
18/06/2020 16:06  RssIcon

Durante a quarentena, o CRE Mario Covas, por meio do NUMAH, indica filmes, livros e outros conteúdos para inspiração na escrita de um diário

 

A proposta do CREMC, por intermédio do Núcleo de Memória e Acervo Histórico, “Diários construindo memórias: educadores em tempos de pandemia”, é estimular a escrita de diários, sem abordar o tema a partir da autoajuda, com a ciência de que as indicações feitas são de estímulos e de inspiração para os momentos de reflexão dos tempos em que vivemos e que poderão, futuramente, ser compartilhados.

Nas últimas semanas temos assistido à eclosão de movimentos em torno de uma questão pertinente à contemporaneidade, ao debate e manifestações que pedem o fim do racismo e da violência decorrente desse mesmo racismo. A questão dos conflitos étnicos e sociais, durante a atual pandemia, sobretudo da violência que a população negra sofre, levou-nos ao filme “Escritores de Liberdade”, que tem como base a escrita de diários sobre o distanciamento e a proximidade entre pessoas, de diferentes especificidades étnicas e submetidas a conflitos sociais. A partir da proposta da professora para que os alunos escrevessem seus diários e a leitura, por parte dos alunos, do livro “O Diário de Anne Frank”, podemos problematizar as potencialidades de escrita, também para o isolamento social pelo qual estamos passando.

Paralelamente a isso, estamos nos aproximando de cem dias do isolamento social, e o livro “Cem Dias Entre Céu e Mar”, de Amyr Klink, pode ser um elemento de análise interessante para a concepção de diários neste momento. Muitas entrevistas e palestras de Amyr Klink, também de sua esposa e filhas, podem ser encontradas na internet. Em uma delas, que recomendamos, Klink discorre sobre a atual pandemia:

“Me diz: quando você viveu um evento deste tipo? Eu não conheço. É muito difícil dar conselho, eu não pretendo dar conselho para ninguém, e, também, não adiantou nada a experiência que eu tenho para o que a gente está vivendo agora”.

Assista à entrevista, especial da CNN Brasil, “O Mundo Pós-Pandemia com Amyr Klink – Efeitos do Isolamento”.

A luta pela dignidade humana e um olhar da aventura que é a vida da humanidade são elementos para constituir registros em seu diário?

Para compartilhar experiências com diários ou sugestões, entre em contato conosco: nucleodememoriacre@educacao.sp.gov.br.

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Eu Indico

Busca no Eu Indico: