Ir para o conteúdo principal

Eu Indico

mar 2

Written by: admindico
02/03/2015 15:58 

Ainda sob o calor das manifestações de junho de 2013 que tomaram as ruas de cidades em todo o país, a editora Boitempo lançou o livro “Cidades Rebeldes”, em agosto daquele ano. A publicação traz um conjunto de ensaios curtos escritos por autores das mais diversas áreas – Carlos Vainer, David Harvey, Ermínia Maricato, Felipe Brito e Pedro Rocha de Oliveira, João Alexandre Peschanski, Jorge Luiz Souto Maior, Leonardo Sakamoto, Lincoln Secco, Mauro Iasi, Mike Davis, Ruy Braga, Silvia Viana, Slavoj Žižek e Venício Artur de Lima – e também um artigo assinado pelo Movimento Passe Livre (MPL), oferecendo pontos de vista diversos para a interpretação daquele momento.

Como afirmei na apresentação do livro, podemos pensar as manifestações como um terremoto que perturbou a ordem de um país que, nos últimos anos, parecia viver uma espécie de vertigem benfazeja de prosperidade e paz, e fez emergir não uma, mas uma infinidade de agendas mal resolvidas, contradições e paradoxos. Passados quase dois anos, o livro segue atual, uma vez que as disputas em torno da interpretação das manifestações e mesmo das agendas que foram pautadas naquele momento continuam em curso.

(Raquel Rolnik)

Tags:

Busca no Eu Indico: