Ir para o conteúdo principal

Eu Indico

jan 29

Written by: admindico
29/01/2013 13:32  RssIcon

"Se há um escritor na atualidade que muito admiro e com o qual me identifico imensamente, esse é o Orhan Pamuk. Ele é turco, de Istambul, e foi o ganhador do prêmio Nobel de literatura de 2006. Além de ficcionista, é também ensaísta e memorialista. Comento ligeiramente o seu livro "Outras Cores", obra que reflete essas suas três qualidades. Dois textos me tocam especialmente nesse livro. O primeiro deles é o discurso que proferiu ao receber o Nobel, "A Maleta de Meu Pai". Dentre aqueles que li, é o discurso que mais me emocionou de um escritor ao receber essa láurea. Mas o que mais me pega em "Outras Cores" são os textos que refletem o escritor dividido em se reconhecer tanto um homem do Ocidente quanto do Oriente. A meu ver, aí está a chave da riqueza da obra do Pamuk. A combinação orgânica que ele consegue fazer desses dois mundos, através da arte da literatura, nos mostra o quanto é possível conciliar, com equanimidade, riqueza e diversidade cultural. Riqueza e diversidade cultural que, muitas vezes, nem nos apercebemos de que elas estão ali ao nosso lado..."

(Antônio Nóbrega)

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Eu Indico

Busca no Eu Indico: