Ir para o conteúdo principal

Notícias

nov 7

Written by: adm
07/11/2019 15:56  RssIcon

Conheça os alunos vencedores do Concurso de Desenho “Lei Maria da Penha”

07 de Novembro de 2019

Como podemos construir um futuro sem violência contra as mulheres? Esta foi a pergunta que norteou a participação dos alunos da Rede no Concurso de Desenho “Lei Maria da Penha”, proposto pela Secretaria da Educação, em articulação com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Muitos alunos e professores aceitaram o desafio de transpor um assunto tão delicado para uma obra de arte. No total, foram produzidos 8.432 desenhos. Na fase estadual, 83 diretorias de ensino participaram do processo seletivo, que avaliou 183 obras até chegar aos finalistas.

O resultado já saiu, e neste link você confere todos os vencedores, seus desenhos, e também o nome dos professores que os orientaram durante todo o processo da atividade.

Adriano Rodrigues Biajone e Raquel Maria Rodrigues, do Centro de Inclusão Educacional da Secretaria da Educação participaram da seleção dos finalistas, e compartilharam a repercussão positiva da iniciativa: “A adesão ao Concurso foi muito significativa, envolveu quase a totalidade das DE. Os trabalhos desenvolvidos foram criativos, apresentaram evidente relação simbólica entre as linguagens e valorizaram as produções dos estudantes. A ação ampliou o conhecimento sobre a Lei e fomentou a reflexão sobre a necessidade de igualdade entre homens e mulheres na sociedade e o engajamento coletivo na prevenção à violência e ao desrespeito contra a mulher, resultados que justificam a continuidade da ação para os próximos anos.”

Premiação

Além da certificação que todos os alunos e professores receberão, o primeiro colocado terá seu desenho ilustrando a capa da “Cartilha Maria da Penha”, do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres da Defensoria Pública de São Paulo; e o segundo, a página interna.

De acordo com Paula Sant’anna Machado de Souza, coordenadora do Núcleo, iniciativas como essa buscam cumprir o que a própria Lei traz como diretriz de medidas preventivas: “É essencial, portanto, levar esse debate ao espaço da Educação, para construirmos um futuro sem desigualdades e violência. Os desenhos vencedores farão parte da nossa Cartilha, que também é um instrumento muito importante para levar informação para as mulheres, ressaltando que a Defensoria Pública tem, dentre outras funções, a de educar em direitos a população”.

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Noticias Efape

Busca de Notícias