Ir para o conteúdo principal

Notícias

dez 17

Written by: adm
17/12/2018 14:46  RssIcon

SEG, 17.12.2018

Durante três dias, entre novembro e dezembro de 2018, os diretores do Núcleo Pedagógico das 91 diretorias de ensino do Estado de São Paulo se reuniram na EFAP. Durante os encontros compartilharam experiências e realizaram análises críticas, tendo como base um documento diagnóstico das ações de formação realizadas nas DE durante o ano de 2018. Eles também participaram de oficinas para o desenvolvimento de estratégias baseadas nos conceitos de Design Thinking e nas competências e habilidades socioemocionais.

Os encontros têm como objetivos refletir sobre as ações realizadas ao longo do ano, repensar práticas e elaborar o Planejamento de Formação Continuada para 2019, articulando aos núcleos pedagógicos e à diretoria de ensino.

Para o professor João Freitas, diretor do DEPEC, a atividade foi pensada para compreender como as formações da EFAP estão sendo recebidas pela rede estadual de ensino, e também como são organizadas nas diretorias de ensino e nas escolas. “A ideia da formação surgiu com a professora Cristina Mabelini, Coordenadora da EFAP e todas as equipes, com a proposta de reforçar com os diretores de Núcleo a necessidade de desenvolver um trabalho articulado. É necessário ter muita paciência, resiliência, estudo, clareza dos objetivos, para que possa ser realizado da melhor forma possível. Além disso, queremos que eles potencializem as formações já ofertadas pela EFAP, que se apropriem dessas ações formativas e que façam a ligação entre essas formações e o plano deles.”

A presença na EFAP
Para quem participa, os encontros têm sido uma experiência positiva. Rodrigo Cesar Gonçalves, da Diretoria de Taubaté, afirmou que esse tipo de formação é fundamental. “Nós estudamos, vamos atrás de ferramentas que a Secretaria da Educação disponibiliza. Mas ter contato com o formador, e apoio do Órgão Central, na intenção de que ele também possa ouvir nossos anseios e trazer práticas novas, contribui muito lá na ponta.”

Rodrigo também contou que a proposta da atividade realizada ajudou a enxergar sua atuação em uma nova perspectiva. “Nós trabalhamos o tempo todo com pessoas, em algumas situações temos que nos colocar no lugar do outro, principalmente nas dificuldades. Nosso trabalho é um pouco difícil, de ir para a escola cobrar, e na verdade não é só isso; a gente precisa ir para acompanhar, motivar, fortalecer. A minha DE já está na fase do Acolhimento. E esse novo olhar vem para contribuir no momento de Planejamento Escolar. Para que os gestores tenham empatia com os professores, e para que eles também tenham com os alunos. Acho que é um processo, e nós estamos aqui na ponta esperando que tudo isso aconteça lá no chão da sala de aula, que esse é o nosso objetivo.”

A ideia da Escola de Formação é que, após os três encontros, seja feita uma avaliação, e uma proposta consolidada para a nova gestão, para que se mantenham os planos de continuidade dos trabalhos no ano que vem.

Tags:
Categories:
Location: Blogs Parent Separator Noticias Efap

Busca de Notícias